OS MÚLTIPLOS SÓIS: A ARTE-CIÊNCIA DA ASTRONOMIA E DA FICÇÃO CIENTÍFICA NA DIFUSÃO DA CIÊNCIA

Autores

  • Rafael Kobata Kimura Universidade Federal do Pampa
  • Luís Paulo Piassi Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH-USP)

DOI:

https://doi.org/10.37156/RELEA/2018.25.007

Palavras-chave:

Arte-ciência, Ficção científica, Divulgação científica.

Resumo

Esse artigo baseia-se na ideia de que a Astronomia e a Ficção Científica podem ser trabalhadas didaticamente na interface arte-ciência para acessar a cultura primeira dos estudantes, a partir da qual conceitos mais aprofundados da cultura elaborada possam ser trabalhados através de uma ruptura-continuidade, de acordo com as convenções de Georges Snyders. Para tanto, trabalhamos com o livro “O Cair da Noite” de Isaac Asimov e Robert Silverberg em um clube de leitura com adolescentes de 12 a 14 anos no contraturno de uma escola municipal da cidade de São Paulo. Pautadas principalmente em ações espontâneas dos estudantes, apontamos para as potencialidades da Astronomia e da Ficção Científica que podem ser utilizadas para estimular a curiosidade e a imaginação, a partir das quais conceitos mais complexos podem ser trabalhados, como os movimentos dos corpos celestes, a questão da vida fora da Terra e dimensão do cosmos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-01

Como Citar

Kimura, R. K., & Piassi, L. P. (2018). OS MÚLTIPLOS SÓIS: A ARTE-CIÊNCIA DA ASTRONOMIA E DA FICÇÃO CIENTÍFICA NA DIFUSÃO DA CIÊNCIA. Revista Latino-Americana De Educação Em Astronomia, (25), 7–23. https://doi.org/10.37156/RELEA/2018.25.007

Edição

Seção

Artigos