SIMULANDO MEDIDAS DE DISTÂNCIAS A ESTRELAS EM LABORATÓRIO

Autores

  • Roberto dos S. Menezes Jr. Instituto Federal da Bahia - IFBA
  • Nícolas Otávio L. de Oliveira
  • Crislanda L. Pereira

DOI:

https://doi.org/10.37156/RELEA/2017.24.007

Palavras-chave:

Distâncias, Astrometria, Estrelas, Paralaxe, Fluxo luminoso, Laboratório didático.

Resumo

Uma das curiosidades mais recorrentes nos estudantes quando se trata de astronomia é entender como se determinam distâncias astronômicas. Isso porque, no cotidiano deles, distâncias são usualmente medidas com instrumentos como réguas, trenas, etc. O método mais comum para medição de distâncias astronômicas é fundamentado na paralaxe, contudo, essa é usada para medir distâncias a estrelas relativamente próximas. Para estrelas mais distantes, um outro método de cálculo de distância consiste em utilizar a medida do fluxo luminoso aparente de um objeto que possui sua luminosidade intrínseca conhecida, denominado vela-padrão. Assim, buscamos, neste trabalho, apresentar os resultados de um experimento realizado em laboratório a respeito desses métodos, utilizando um transferidor (para distância de paralaxe) e a medição do fluxo luminoso de uma lâmpada. Conseguimos assim, medir a distância de paralaxe com um desvio relativo percentual de 0,95%, enquanto a distância luminosidade foi determinada com um desvio relativo percentual de 7,67%.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto dos S. Menezes Jr., Instituto Federal da Bahia - IFBA

Possui graduação em Física - Licenciatura e Bacharelado - pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2007/2008), mestrado (2010) e doutorado (2015), também em Física, pela mesma universidade. Atualmente é professor efetivo do Instituto Federal de Educação e Tecnologia da Bahia - IFBA. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Cosmologia, atuando principalmente nos seguintes temas: modelos cosmológicos anisotrópicos e estudos de anisotropias no universo.

Downloads

Publicado

2017-12-20

Como Citar

Menezes Jr., R. dos S., Oliveira, N. O. L. de, & Pereira, C. L. (2017). SIMULANDO MEDIDAS DE DISTÂNCIAS A ESTRELAS EM LABORATÓRIO. Revista Latino-Americana De Educação Em Astronomia, (24), 7-21. https://doi.org/10.37156/RELEA/2017.24.007

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.