A ASTRONOMIA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS

Autores

  • Samuel Costa Docente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Araranguá.
  • Geison João Euzébio Mestrando em Ensino de Física da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), campus Araranguá.
  • Felipe Damasio Docente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Araranguá.

DOI:

https://doi.org/10.37156/RELEA/2016.22.059

Palavras-chave:

Licenciatura em Física, Ensino de Astronomia, Ensino de Ciências.

Resumo

Embora a Astronomia seja considerada uma das ciências mais antigas da humanidade o ensino na educação básica enfrenta deficiências. Cabe à escola a difusão dos conceitos cientificamente corretos, entre eles os relacionados à área de Astronomia. O estudo foi realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Campus Araranguá. Foi objetivado apresentar as atividades desenvolvidas durante a formação inicial de docentes de um curso de Licenciatura em Ciências da Natureza com habilitação em Física, e contribuir para a divulgação e melhoria do ensino-aprendizagem de Astronomia. Foi apresentado o processo conduzido para avaliar esta formação, acompanhado dos resultados. Foram apontadas as análises da atividade na ótica dos participantes, além de tecidas considerações sobre seu emprego como recurso ao ensino de Astronomia e na formação docente. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-20

Como Citar

Costa, S., Euzébio, G. J., & Damasio, F. (2016). A ASTRONOMIA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS. Revista Latino-Americana De Educação Em Astronomia, (22), 59–80. https://doi.org/10.37156/RELEA/2016.22.059

Edição

Seção

Artigos