O MAPA CONCEITUAL COMO RECURSO DIDÁTICO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DE TEMAS DA ASTRONOMIA

Felipa Pacífico Ribeiro de Assis Silveira, Conceição Aparecida Soares Mendonça

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma investigação que procurou compreender a atuação do Mapa Conceitual (MC) como recurso didático facilitador da aprendizagem significativa de conceitos científicos, sobre temas astronômicos, desenvolvidos com alunos do Ensino Fundamental. A metodologia utilizada para obtenção e tratamento dos dados fundamentou-se na abordagem quantitativa e qualitativa. Na quantitativa delineamos uma investigação quase experimental, com um grupo controle que não utilizou o MC e um grupo experimental que utilizou o MC, sendo avaliados no início e final do processo. Neste caso, o desempenho dos grupos é apresentado em um estudo descritivo e analítico. Na abordagem qualitativa, os MCs foram interpretados a partir da estruturação e dos significados atribuídos e compartilhados pelo aluno durante sua apresentação. Os resultados demonstraram, por meio da evolução das notas, que o MC fez diferença na aprendizagem conceitual e nas habilidades determinadas pelos indicadores de aprendizagem.

Palavras-chave


Aprendizagem Significativa; Mapa conceitual; Ensino de Astronomia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37156/RELEA/2015.19.093

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1806-7573

Creative Commons License 
Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons.
Indexado em: