ENSINO DE ASTRONOMIA: CENÁRIOS DA PRÁTICA DOCENTE NO ENSINO FUNDAMENTAL

Sônia Elisa Marchi Gonzatti, Andréia Spessatto De Maman, Eliana Fernandes Borragini, Júlia Cristina Kerber, Werner Haetinger

Resumo


Neste trabalho são apresentados os principais resultados de uma investigação realizada no campo da Educação em Astronomia, com professores do ensino fundamental de duas regiões do Rio Grande do Sul. O objetivo do estudo foi caracterizar o cenário regional do ensino de Astronomia, estabelecendo um comparativo com o cenário nacional. Esse estudo abordou três questões: identificar os principais temas de astronomia trabalhados em sala de aula, as estratégias metodológicas e quais as dificuldades apresentadas pelos professores ao desenvolver sua prática. Quanto aos conteúdos, encontrouse uma pulverização dos assuntos abordados, embora temas como movimentos da Terra e fenômenos astronômicos tenham sido citados pela maioria dos participantes. Sobre estratégias, são utilizadas principalmente aulas com apoio de recursos bidimensionais, como filmes, textos, mapas e pesquisa na internet. As principais dificuldades foram: falta de formação específica em relação a conteúdos de Astronomia; nível de abstração dos conteúdos, que dificultam sua compreensão, tanto pelos alunos quanto pelos próprios professores. De maneira geral, esses indicadores convergem para resultados já encontrados em outros estudos que investigam a prática docente em Astronomia, em que as deficiências da formação inicial dos professores, ou mesmo a falta dela, dificulta a adequada abordagem da Astronomia em sala de aula.


Palavras-chave


Ensino de Astronomia; formação de professores; estratégias metodológicas; prática docente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1806-7573

  Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons.

 

 

Indexado em: